terça-feira, 31 de outubro de 2017

MAGDA CAMPOS CURSINO - FISIOTERAPEUTA

Fisioterapeuta 

Magda Campos Cursino

Pós-graduação em Especialização em 
Fisioterapia Aplicada a Neurologia



A partir de 01 de novembro de 2017, firmou parceria com o ESPAÇO TERAPÊUTICO MEMENTO VIVERE.

A Fisioterapeuta Magda Campos Cursino atenderá principalmente pacientes neurológicos pediátrico e adulto como parkinson, alzheimer, AVC, sindrome de down e paralisia cerebral.

Formação
Pós-graduação em Especialização em Fisioterapia Aplicada a Neurologia. Universidade Estadual Paulista "Julio de Mesquita Filho"- UNESP - Campus de Presidente Prudente/SP. Período: 2016-2017.
Graduada em Fisioterapia. Universidade Estadual Paulista "Julio de Mesquita Filho"- UNESP - Campus de Presidente Prudente/SP. Período: 2012-2016.
Experiência Profissional
 04/2017-... – Cooperativa dos profissionais da área da saúde – COOPSAUDE
Campinas – SP
Cargo: Fisioterapeuta Home Care
 04/2016-02/2017 - Associação Policial de Assistência a Saúde – APAS
Presidente Prudente - SP
Cargo: Fisioterapeuta
Qualificações e Formação complementar
 Pesquisadora bolsista em extensão universitária em neurologia. Centro de Estudos e de Atendimento em Fisioterapia e Reabilitação (CEAFIR) – UNESP. Campus Presidente Prudente/SP – (2015-2016).
 Curso: Oxigenoterapia e ventilação mecânica em atenção domiciliar. Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) – (2016).
Curso: Estimulação Precoce. Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) – (2016).
Curso: Acolhimento ao usuário com dor no aparelho locomotor. Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) – (2016).
Curso: A importância do brincar e da participação familiar para o desenvolvimento infantil. Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) – (2016).
 Pesquisadora bolsista em extensão universitária em Terapia de Consciência Corporal. Centro de Estudos e de Atendimento em Fisioterapia e Reabilitação (CEAFIR) - UNESP. Campus Presidente Prudente/SP - (2014-2015).
Minicurso: Conceito Bobath. Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP, Campus de Marília/SP – (2013).
Minicurso: A Terapia Morfoanalítica e a Unidade Psicopostural. Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP, Campus de Presidente Prudente/SP – (2013)

     htmlsig.com
Memento Vivere - Espaço Terapêuticospamementovivere@gmail.com / (11) 97026-6585 (11) 4582-5745
Quer saber mais sobre os nossos serviços? Clique aqui e visite o nosso site
Av. Santo Ceolin nº 381 complemento 80, bairro dos Fernades, Jundiaí -SP

Facebook  Instagram  Youtube 

segunda-feira, 30 de outubro de 2017

CHAKRA PLEXO SOLAR

Por
Ricardo Caselatt

CHAKRA PLEXO SOLAR



http://www.lembredeviver.com.br       Tel 11 97026 6585
Este é um dos chakras que mais sinal dá pois expressa-se muito fisicamente, através de dores ou indisposições. A grande lição que este chakra nos quer passar é a de termos em nós o poder de escolha – escolher o que queremos fazer, o que aceitamos para nós, o que damos aos outros. A felicidade é uma escolha. O plexo solar é como um sol, se estiver pleno da sua energia, terás muita força para as tuas questões, para movimentar e tornar-te brilhante. Este chakra rege ainda o fígado e o baço, controlando a tempestuosidade das emoções e dos pensamentos. Um fígado bem equilibrado permite-te regular a sensibilidade emocional, assim como o baço permite-te ter pensamentos fluidos, sem preocupação e ainda confere um certo brilho à pele. Este é também o chakra simpático, ele relaciona-se com os outros, umas vezes bem, outras vezes desequilibrado, principalmente se quer manipular ou até se absorve demasiada energia densa da outra pessoa. Tudo tem a ver com a tua escolha.
Seu vídeo será publicado em: https://youtu.be/Jc8hWoQ6t80

domingo, 29 de outubro de 2017



Psoríase tem tratamento !

A medicina chinesa acredita que a psoríase é um desequilíbrio entre sangue e energia, que se manifesta por meio da pele, mas que pode evoluir para outros tecidos como unhas, ou aparecer de outras formas, como é o caso da artrite psoriásica.
Assim como a ciência ocidental, a medicina oriental também conclui que problemas emocionais, como o estresse ou traumas, a adoção de uma dieta desequilibrada, além de fatores externos que possam agredir o sangue, como a ingestão de bebidas alcoólicas e o fumo, podem agravar o quadro da psoríase.
De acordo com a medicina oriental, existem diversas vias energéticas para chegar à pele, todas elas são dependentes do equilíbrio energético do organismo, ou seja, da fisiologia dos sentimentos. É por isso que encontrar mecanismos para lidar de forma tranquila com os problemas diários é essencial para os pacientes.
Alguns especialistas dizem que tratamentos fitoterápicos podem auxiliar muito no controle da doença, assim como a acupuntura, pois ela complementa e potencializa o efeito terapêutico. Além disso, são recomendados a manutenção de uma dieta que restrinja determinados alimentos e a Ginástica Energética, Tui Ná, que promove o desbloqueio e a harmonização do organismo.
A medicina chinesa também recomenda que os doentes diagnosticados com psoríase tomem banhos de sol e consumam bastante líquido para auxiliar no controle da doença.
Especialistas em medicina oriental acreditam que o pulmão é o órgão que rege a pele, sendo assim, é preciso protegê-lo de doenças que possam interferir em seu pleno funcionamento, como resfriados e congestões.
Buscar tratamentos alternativos para o controle da psoríase é algo válido e muito positivo. A própria medicina oriental oferece diversos caminhos que podem auxiliar um paciente que possui a doença. Entretanto, é importante ressaltar que a opinião de um dermatologista é sempre importante.
Agende uma avaliação e entenda como a Medicina Chinesa e a Acupuntura podem equilibrar suas emoções e suas reações fisiológicas, eliminando os sintomas e melhorando sua qualidade de vida!
  Memento Vivere                                                                                                                               (11)4582-5745 (11)97026-6585                                                                                     www.lembredeviver.com.br

FONTE : http://www.blogbemestar.com.br

quinta-feira, 26 de outubro de 2017

CHAKRA CARDÍACO

CHAKRA CARDÍACO

por
Ricardo Caselatt


http://www.lembredeviver.com.br         Tel 11 97026 6585
O chacra Cardíaco é fundamental para nosso sistema de equilíbrio e rege os pulmões e o coração. É o chacra responsável pelos sentimentos de amor puro, assim como sentimentos de gratidão e generosidade. O sentimento de amor representado neste chacra não é limitado ao amor entre dois parceiros e sim um sentimento mais amplo, que abrange o amor ao ser humano e à vida. Bloqueado pode gerar sentimentos de egoísmo e ressentimentos.
Seu vídeo será publicado em: https://youtu.be/0t9tAWyNolk

quarta-feira, 25 de outubro de 2017


Artrite , você tem ? Ela piorou com esses últimos dias de friozinho em Jundiaí?


Aproveitando o clima atípico de Primavera fria e chuvosa, vamos falar sobre uma doença que piora muito com as alterações de clima: A Artrite.
Segundo a Medicina Ocidental,  a artrite é a inflamação das articulações. Em sentido amplo: é conjunto de sintomas e sinais resultantes de lesões articulares produzidas por diversos motivos e causas, na maioria das vezes desconhecida.
Sempre que uma doença tem motivo desconhecido, ela acaba sendo considerada uma doença “auto-imune”, em que o corpo “luta” contra si próprio, gerando inflamações de repetição em áreas diferente do organismo. A Artrite é considerada uma doença reumática e afeta mais as mulheres do que homens, e está presente principalmente na fase adulta.
Seus principais sintomas são: dor e rigidez articular e muscular que normalmente melhoram quando o corpo é aquecido.
Sabendo destes dados, vamos discutir o que é a Artrite segundo a Medicina Tradicional Chinesa, quais seus tratamentos e seu prognóstico.
Para a Medicina Tradicional Chinesa a artrite se enquadra como Síndrome da Obstrução Dolorosa, conhecida também como Síndrome Bi.
A Síndrome Bi é caracterizada por dor músculo-articular causada por invasão de fatores patogênicos externos, ou seja, por invasão de frio, umidade, calor ou vento. Estes fatores, quando dentro do corpo, impedem a energia e o sangue de circular, assim, os músculos ficam mal nutridos e ficam impossibilitados de se contrair e mover os ossos, o que gera dor.
Quando os fatores patogênicos não são expulsos do corpo, eles podem agravar a doença, gerando a Síndrome Bi do tipo óssea, onde as consequências vão além do sistema músculo esquelético, afetando também os órgãos internos.
É necessário lembrar, que para que haja a invasão de fatores patogênicos no corpo, a imunidade do paciente precisa estar baixa. Invasões de repetição de fatores patogênicos externos podem levar o paciente à condição de doente crônico.
Existem 5 tipos de Síndrome Bi:
1) Síndrome Bi de Vento: é caracterizada por sensibilidade e dor nos músculos e limitação do movimento que ora afeta uma articulação, ora afeta outra. É conhecida como “a dor que se move de uma junta para a outra”. O vento é o causador mais habitual da síndrome Bi. Um exemplo clássico seria o torcicolo gerado em uma pessoa que passou a noite com o ventilador virado para o próprio corpo durante a noite.
2) Síndrome Bi de Umidade: caracterizada por dor, sensibilidade e inchaço dos músculos e juntas, com sensação de peso e formigamento dos membros. A dor afeta articulações específicas do corpo e acontece principalmente por exposição excessiva ao clima úmido.
3) Síndrome Bi de Frio: caracterizada por dor severa de uma determinada junta ou músculo, com limitação do movimento e geralmente afeta somente um dos lados do corpo. É o fator patogênico mais comum na artrite, visto que os sintomas da doença pioram no inverno e em baixas temperaturas.
4) Síndrome Bi de Calor: é proveniente de qualquer um dos 3 tipos anteriores. Neste caso, quando o fator patogênico não foi expulso, a reação do organismo é gerar uma inflamação. A esta inflamação, damos o nome de “Calor”. Ocorre uma deficiência da energia Yin do corpo, ressecando os fluídos, deixando os músculos e juntas ainda mais rígidos.
Neste estágio existe dor, calor, vermelhidão e inchaço das juntas, limitação de movimento e dor severa. Na fase aguda, o paciente pode vir a ter febre e excesso de sede.
5) Síndrome Bi Óssea: é considerada uma doença Crônica. Pode se desenvolver a partir de qualquer um dos 4 tipos anteriores. A obstrução persistente dos fatores patogênicos gera mucosidade intensa, afetando não somente os músculos e juntas, mas também as os órgãos internos.
É o tipo em que ocorre obstrução severa da circulação de Energia e Sangue, o que afeta, em longo prazo, o Fígado e o Rim.
Mas a pergunta principal é: Em qual dos tipos de Síndrome Bi está envolvida a Artrite??
– Na realidade, quando um indivíduo é diagnosticado com Artrite, de fato ele já está na fase de Síndrome Bi de Calor, onde a persistência dos fatores patogênicos gerou uma inflamação generalizada dos músculos e juntas ou ainda,  poderá estar na fase de Síndrome Bi Óssea, onde o Rim, principal responsável pelos ossos na medicina chinesa, também já se encontra afetado. Nesta fase é comum que se encontre até mesmo deformidades ósseas.
E por qual razão a artrite piora com o frio e melhora com o calor e a movimentação?
Tanto na Síndrome Bi de Calor quanto na Síndrome Bi Óssa, o principal problema está no fato de que a energia e o sangue encontram dificuldades de circular e nutrir os músculos e ossos. Quando o clima está frio, existe um “congelamento” adicional da circulação, e o que antes era ruim, fica ainda pior.
Quando o doente se movimenta, ou se aquece, acontece a dilatação dos vasos, permitindo uma melhora da nutrição dos ossos e músculos, permitindo da movimentação e a diminuição da dor.
Existe tratamento para a Artrite, segundo os conhecimentos acima expostos, dentro da visão Chinesa?
Sim. O importante é identificar dentro dos padrões acima, qual o fator patogênico mais presente do indivíduo que sofre de Artrite. E o tratamento mais eficaz, será aquele em que se utiliza pontos para REMOVER O FATOR PATOGÊNICO EXTERNO.
Quando o indivíduo se encontra nas fases de Síndrome Bi de Calor ou Óssea, além de remover os fatores patogênicos, é necessário fortalecer os Rins e o Fígado.

Em Resumo:
– A Artrite é uma doença crônica conhecida como Síndrome Bi na Medicina Tradicional Chinesa. A grande maioria dos casos pertence a classe crônica, ou seja, Síndrome Bi de Calor ou Síndrome Bi óssea.
– Por ser uma doença da influência climática, pessoas que moram em ambientes muito frios ou úmidos estão mais sujeitas a ter artrite.
– O tratamento consiste em remover o fator patogênico que causa a doença, através dos pontos de acupuntura que retiram do corpo o frio, a umidade, o calor e o vento além de tratar pontos locais e distais de dor.
– No caso da doença estar evoluída, deve-se proteger os órgãos rim e fígado, usando pontos que tonifiquem a energia, o sangue, a medula ou os próprios pontos de tonificação destes órgãos.
Para  a Medicina Chinesa a Artrite pode não possuir cura, mas sem dúvida é possível manter um paciente sem os sintomas da doença por longos e longos meses.
  Dúvidas? Agende uma avaliação e entenda como a Acupuntura pode te ajudar.                   Memento Vivere                                                                                                                                (11) 4582-5745 (11)97026-6585                                                               www.lembredeviver.com.br

Fonte : http://www.facilitandoacupuntura.com.br

segunda-feira, 23 de outubro de 2017


Síndrome da Carteira! É engraçado? Será que você tem?


Cuidado com aquela dorzinha no "ciático" ! Ela pode ser desde uma simples dor muscular até mesmo uma compressão do nervo na coluna
Começamos explicando quem é o PIRIFORME. 
Este é o nome de um músculo (que tem formato de pirâmide), que está localizado logo acima do (famoso) nervo ciático, na região dos glúteos (bumbum).
Este músculo se liga do sacro a perna, e ajuda a rodar o pé pra fora.

Só isso? Bom, o fato dele estar próximo do nervo ciático, pode fazer com que uma contratura do piriforme (espasmo) resulte numa compressão do nervo, causando (a tal) dor ciática  que desce (irradia) para a perna. 

Quer dizer, esta dor, semelhante a dor de hérnia de disco, pode ocorrer por causa de um músculo?
Resposta: SIM! Pode, e MUITA GENTE TEM! Acredite, Muitas pessoas acreditam ter a famosa "ciática", creem ter hérnia de disco, e na realidade têm somente uma disfunção de um músculo.

Tá! Mas o que causa esse problema no músculo Piriforme, pra ele ficar irritado e contrair e apertar o ciático?
Má posturas, posturas sentadas com as pernas cruzadas, quedas sentado, traumas nessa região, disfunções da pelve (problemas de movimento articular), enfim. Todos são causas possíveis desta irritação.

CURIOSIDADE: algum homens que usam a carteira no bolso de trás da calça podem fazer essa compressão sobre o nervo ao ficar tempo sentado. Isto causa dor ciática, e é chamada de Síndrome da Carteira!


Ok, Sei o que é, mas como se trata isso?
Primeiro, os exames de Raios-X, Tomografia e Ressonância ajudam muito na hora de saber se existe ou não uma compressão na coluna! Este exame você consegue apenas contultando um médico.

Ou então, você já tem o exame em mãos, o laudo não aponta nenhuma alteração? Simples, agora você só tem que procurar um Osteopata. Este é o profissional que vai avaliar todos os tecidos, estruturas, articulações, movimentos da sua coluna/Pelve e Membro inferior, encontrar as disfunções, tratá-las e te ensinar novos hábitos para evitar que elas retornem.

O tratamento normalmente é rápido, com cerca de 3 a 5 sessões, se não houver nenhuma alteração na coluna, como hérnias de disco.

Obs. Se os exames foram encontrados alterações como Bico de Papagaio, Hérnia de Disco, Espondilolistese , Espondiloartrose , Degenerações , Compressões, entre outros, você também pode procurar pelo Osteopata. Este profissional irá tratar as disfunções, melhorando sua funcionalidade e qualidade de vida.

Agende uma avaliação:
Memento Vivere
(11)4582-5745 (11)97026-6585
www.lembredeviver.com.br



Fonte: https://www.blogger.com/blogger.g?blogID=1232468482835447457#editor/target=post;postID=4577777002881015154

quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Existe Câncer de Mama em Homens?


Existe Câncer de Mama em Homens?


Embora seja mais frequente em mulheres, o câncer de mama também pode afetar os homens, pois desenvolve-se em células que também estão presentes nos mamilos masculinos. Ele é mais comum em homens com idades entre os 50 e 65 anos, assim como em homens que tenham casos de câncer de mama na família.
Os sintomas e o tratamento são semelhantes ao câncer de mama nas mulheres e, por isso, há maiores chances de cura quando o câncer é descoberto precocemente.  
Quais são os sintomas
Os sintomas do câncer da mama masculino incluem:
  • Nódulo indolor que pode provocar coceira;
  • Ferida que não cicatriza;
  • Pele enrugada ou ondulada;
  • Saída de sangue ou líquido pelo mamilo;
  • Mamilo virado para dentro;
  • Vermelhidão ou descamação da pele da mama ou mamilo;
  • Alterações do volume da mama;
  • Inchaço das ínguas na axila.
A maior parte dos casos de câncer de mama não apresentam sintomas fáceis de identificar e, por isso, homens com casos de câncer de mama na família deve alertar o clínico geral para fazer exames regulares após os 50 anos para diagnosticar alterações que possam indicar câncer.
O diagnóstico do câncer de mama no homem normalmente deve ser feito em um mastologista através de exames como ultrassom da mama ou biópsia.

Como é feito o tratamento
O tratamento para o câncer da mama masculino varia de acordo com grau de desenvolvimento da doença, mas geralmente é iniciado com uma cirurgia para retirar todo o tecido afetado, assim como as íngua inflamadas.
Quando o câncer está muito desenvolvido, pode não ser possível remover todas as células cancerígenas e, por isso, pode ser ainda necessário fazer outros tratamentos como quimioterapia, radioterapia ou terapia hormonal, por exemplo. Saiba mais sobre como é feito o tratamento do câncer de mama.

Quais os tipos de câncer mais comuns

Os tipos de câncer de mama masculino podem ser:
  • Carcinoma Ductal In Situ: células cancerígenas se formam nos ductos da mama, mas não os invadem ou espalham para fora da mama. É quase sempre curável com cirurgia.
  • Carcinoma Ductal Invasivo: atinge a parede do ducto e desenvolve-se pelo tecido adiposo da mama. Pode-se espalhar para outros órgãos.
  • Carcinoma Lobular Invasivo: Cresce no tecido adiposo da mama. É muito raro nos homens.
  • Doença de Paget: começa nos ductos mamários e provoca crostas no mamilo, escamas, coceira, inchaço, vermelhidão e sangramento. A doença de Paget pode estar associada ao carcinoma ductal in situ ou com o carcinoma ductal invasivo.
  • Câncer de Mama Inflamatório: é muito raro nos homens e consiste na inflamação da mama que provoca o seu inchaço, vermelhidão e queimação, ao contrário de formar um nódulo.
O uso de anabolizantes ou estrogênios aumentam a possibilidade de desenvolver câncer de mama. Outros fatores de risco para o desenvolvimento do câncer de mama podem ser a radiação, cirrose, alcoolismo.


FONTE: https://www.tuasaude.com

Palestra Ansiedade

PALESTRA ANSIEDADE


http://www.lembredeviver.com.br Tel 11 4582 5745 A ansiedade é um mecanismo do nosso corpo que nos leva a reagir em situações que entendemos como sendo ameaçadoras ou tensas — como apresentações diante de uma plateia ou andar sozinho, à noite, em uma rua escura. Normalmente, depois que a situação estressante passa, a ansiedade se dissipa e voltamos ao nosso estado habitual. Seu vídeo será publicado em: https://youtu.be/zpa1lZH5cAU

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Desenvolvendo o Frontal

por
Ricardo Caselatt

Desenvolvendo o Frontal

Iniciamos na semana retrasada uma série de artigos nos quais apresentamos os poderes, dons, potencialidades e faculdades relativos a cada um de nossos chakras.
O primeiro artigo descreve toda a potencialidade do chakra coronário. Neste, seguindo a ordem, falaremos sobre o chakra frontal.
O chakra frontal está localizado entre as sobrancelhas. Como descreve Leadbeater em seu livro “Os Chakras”, o chakra frontal parece dividido em duas metades; uma em que predomina a cor rosada, ainda que com muito do amarelo, e a outra em que sobressai uma espécie de azul-purpúreo. Porém, quando visto com mais atenção, percebe-se que este chakra é composto de 96 raios, ou pétalas, divididas em 48 pétalas violetas e 48 pétalas rosas.
Quando desperto, este chakra nos traz a consciência espiritual, clarividência espiritual e clariaudiência espiritual.
Este é o segundo chakra a ser desperto e, para isso, é necessário em concentração projetar um disco metade rosa violácea e violeta em cima do chakra e emitir a vogal grega “éh” e o bijen  “ohm” sete vezes cada. A nota musical é Lá, que pode ser emitida por um piano ou por um diapasão no momento do exercício.

Envie suas perguntas, sua dúvida pode ser tema de uma próxima série de artigos.

     htmlsig.com
Memento Vivere - Espaço Terapêuticospamementovivere@gmail.com / (11) 97026-6585 (11) 4582-5745
Quer saber mais sobre os nossos serviços? Clique aqui e visite o nosso site
Av. Santo Ceolin nº 381 complemento 80, bairro dos Fernades, Jundiaí -SP

Facebook  Instagram  Youtube 

Chakra Frontal

CHAKRA FRONTAL

Por

Ricardo Caselatt



http://www.lembredeviver.com.br     Tel 11 4582 5745
O Chakra Frontal é mais conhecido como o terceiro olho, ele está ligado diretamente com a nossa intuição. Dentre todos os chakras do corpo ele é o que aprimora a nossa visão interior, e fica localizado no meio da testa, um pouco acima dos olhos.
Seu vídeo será publicado em: https://youtu.be/TtShO-x316g


     htmlsig.com
Memento Vivere - Espaço Terapêuticospamementovivere@gmail.com / (11) 97026-6585 (11) 4582-5745
Quer saber mais sobre os nossos serviços? Clique aqui e visite o nosso site
Av. Santo Ceolin nº 381 complemento 80, bairro dos Fernades, Jundiaí -SP

Facebook  Instagram  Youtube 

CONVITE

ANSIEDADE

palestra ministrada pela Psicóloga e Coach

ANDREA PARENTE


http://www.lembredeviver.com.br Tel 11 97026 6585 Palestra sobre Ansiedade, no espaço terapêutico memento vivere. Andrea Parente pscicóloga coach uma apaixonada pela profissão. Atendimentos individuais ou em grupo. Medo de dirigir medo de água. Seu vídeo será publicado em: https://youtu.be/KUzZvh0rcXA

Estou com Câncer



Estou com Câncer, devo ou não praticar exercícios físicos ?

O Hospital Alemão Oswaldo Cruz  realizou  na última sexta-feira a palestra “Medicina Integrativa e Oncologia: experiências inovadoras”, ministrada pelo clínico geral, com especialização em Oncologia, Gastroenterologia e Doenças cardiovasculares, Dr. Thomas Breitkreuz, chefe do Hospital Paracelsus, em Munique, um dos mais importantes centros da Alemanha, onde a medicina integrativa é praticada.
A palestra estimulou a discussão sobre a importância de disseminar ideias e conceitos que combinam tratamentos convencionais e terapias complementares, que integram corpo, mente e espírito.  A prática da medicina integrativa foi implementada no Centro de Oncologia do Hospital Alemão Oswaldo Cruz em julho deste ano e é coordenada pelo Dr. Ricardo Caponero.
De acordo com o Dr. Breitkreuz  a eficácia da medicina integrativa combinada com as terapias convencionais está baseada em evidências. Ele explicou ainda que a abordagem complementar se concentra na qualidade de vida do indivíduo e que, para decidir qual a terapia mais eficiente para o paciente, é preciso entender também o impacto clínico do tratamento na vida daquela pessoa.  “Educação nutricional e atividade física durante a quimioterapia, por exemplo, oferecem mais qualidade de vida para os pacientes”, destacou.
Esse movimento de integração é mundial e muito forte no meio acadêmico. Segundo o especialista, no EUA quase todas as universidades têm centros de medicina integrativa, que combinam fitoterápicos, massagem, exercícios físicos, acupuntura, entre outras modalidades. Na Europa, práticas como a psico-oncologia, acompanhamento nutricional e a terapia artística também vêm sendo utilizadas pelos centros de oncologia.
Em números, a medicina integrativa também é bastante expressiva, utilizada em 60 países, sendo que oito deles contam com um total de 28 hospitais especializados que trabalham integrados ao ambiente convencional de tratamento.
Dr. Breitkreuz  também destacou a importância do esporte dentro  da medicina integrativa. “A atividade física é muito importante. A prática de caminhadas durante o tratamento pode reduzir o risco de mortalidade associada ao câncer de mama, por exemplo. E, diferente do que se acreditava antigamente, atividade física não aumenta a chance de metástase. O exercício físico é um recurso salutar para promover a saúde e fortalecer as condições físicas e psicológicas.”
O equilíbrio é a chave de tudo, segundo o especialista, porque os efeitos colaterais do tratamento podem limitar a capacidade do indivíduo de praticar exercícios. “O objetivo é tornar as pessoas mais ativas por meia hora diária, mesmo com as suas limitações físicas. A mudança do estilo de vida realmente provoca uma melhora física”, ressaltou.
O médico destacou também a massagem, que é a técnica curativa mais antiga da humanidade, e faz parte das terapias que auxiliam a reduzir a ansiedade, depressão e os efeitos colaterais do paciente de câncer em tratamento. Outra técnica bastante eficaz e com muitas evidências científicas é a acupuntura.
Dr. Breitkreuz  enfatizou a importância da qualidade de vida e o impacto que ela tem durante o tratamento de quem tem câncer. “O objetivo da terapia convencional é eliminar a doença, já as terapias alternativas intensificam o processo de cura. Quanto mais grave a doença, mais é preciso buscar essas terapias que visam aumentar a qualidade de vida”.
O objetivo, segundo o médico, é sempre aumentar a sobrevida dos pacientes. Os cuidados paliativos são oferecidos para que o paciente possa se desenvolver como pessoa durante a doença e não devem ser encarados como uma pré-morte. Por isso a medicina integrativa sugere começar precocemente a pensar na qualidade de vida do paciente e não na fase final da doença.
O grande desafio para os médicos, de acordo com o Dr. Breitkreuz , é como combinar e tentar ter o melhor de ambas terapias com foco na melhor qualidade de vida do paciente. “Precisamos ver o paciente pelas duas perspectivas e unir o melhor de cada nível: tratamento físico, mental, emocional e espiritual”, concluiu.

Fonte: http://centrodeoncologia.org.br/noticias-cancer/conheca-os-beneficios-da-medicina-integrativa-para-oncologia

     htmlsig.com
Memento Vivere - Espaço Terapêuticospamementovivere@gmail.com / (11) 97026-6585 (11) 4582-5745
Quer saber mais sobre os nossos serviços? Clique aqui e visite o nosso site
Av. Santo Ceolin nº 381 complemento 80, bairro dos Fernades, Jundiaí -SP

Facebook  Instagram  Youtube